Insônia

Somente quem já passou noites em claro sabe que contar carneirinhos não resolve o problema. A angústia aumenta conforme o tempo passa e o sono não vem. Movimentos frequentes de um lado para o outro da cama aos poucos são substituídos por uma sensação de impotência e desconforto. O sol raiou, começa mais um dia que não terminou para quem teve mais uma noite de sono frustrada.

Insônia é caracterizada por um padrão repetitivo de dificuldade com o sono, seja ela para iniciar, manter o sono ou acordar antes do que gostaria. Resulta em prejuízos que interferem na vida da pessoa, como sonolência, improdutividade, lentidão e cansaço excessivo.

Acomete cerca de 1/3 da população geral em algum momento de sua vida, sendo que apenas uma pequena parcela destes progride para casos crônicos e um número menor ainda busca
atendimento especializado. (mais…)

Leia mais

Fobia Social

Quem nunca sentiu um frio na barriga na hora de uma apresentação importante? Pois bem, o medo está presente quase que diariamente em nossas vidas, nos auxilia a lidar com certas situações e é uma ferramenta importante para evolução e mudanças.

A fobia social, por outro lado, extrapola o conceito comum de apreensão e ansiedade em situações relacionadas a exposição social. O medo de ser avaliado de forma negativa é desproporcional a situação. Muitas pessoas chegam a ficar incapacitadas com essa preocupação e costumam evitar a todo custo situações de exposição ou passam grandes apertos lidando com isso.

Qualquer tarefa que envolva observação de terceiros, por mais simples que seja, pode desencadear um quadro de ansiedade nessas pessoas. Por exemplo: comer ou beber em público, conversar com desconhecidos, fazer uma apresentação ou ser o centro de atenções por algum motivo… (mais…)

Leia mais

Uso Inadequado de Anfetaminas

Uso inadequado é definido como:

  • uso da medicação de forma diferente do que foi orientado pelo médico
  • uso de medicação sem orientação médica

A busca quase sempre está relacionada ao “dopping” cerebral, o desejo em encontrar “pílulas de inteligência” e medicações que “melhoram a performance” nas atividades.

Boa parte das pessoas que faz esse uso compra a substância de forma clandestina ou recebe receitas de profissionais sem capacitação adequada, que negligenciam os cuidados a saúde de seus pacientes. (mais…)

Leia mais

Transtornos de Personalidade

Personalidade consiste em um padrão duradouro na forma de reconhecer, sentir, pensar e se comportar em relação ao ambiente e si mesmo, se manifestando através de inúmeros contextos no qual a pessoa está inserida.

Um transtorno ocorre quando os traços de personalidade são inflexíveis e mau adaptativos em diversas situações, causando desgaste, sofrimento e prejuízos na vida da pessoa. O comportamento é notavelmente desviado quando comparado ao esperado para o padrão cultural em que a pessoa esta inserida.

São divididos em 3 grupos:

  • Cluster A: são reconhecidos como pessoas “estranhas e excêntricas”.
    São eles os transtornos de personalidade Paranoide, Esquizoide e Esquizotipico.
  • Cluster B: apresentam comportamento errático e são definidos como “emocionalmente instáveis”. São eles os transtornos de personalidade Histriônico, Narcisista, Borderline e Antisocial.
  • Cluster C: manifestam-se de forma característica como “ansiosos e medrosos”.
    São eles os transtornos de personalidade Evitativo, Dependente, Obsessivo Compulsivo

(mais…)

Leia mais

TDAH

Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, é um dos diagnósticos psiquiátricos mais comuns da infância. Sua apresentação pode variar no decorrer da vida, sendo o mais comum, hiperatividade na infância e desatenção em adultos.

Notas escolares baixas, pouca produtividade no trabalho, problemas de relacionamentos, irritação, aumento de energia e agressividade são alguns dos sintomas comuns dessa doença.

Além dos prejuízos relacionados ao transtorno, TDAH apresenta altos índices de comorbidades (outros diagnósticos de doenças), sendo os principais:

  • depressão
  • transtorno afetivo bipolar
  • transtorno de conduta
  • transtorno opositivo e desafiador – personalidade antisocial
  • uso de substâncias
  • ansiedade

(mais…)

Leia mais

Alimentação e saúde mental

Nos dias de hoje a sociedade vem sofrendo as consequências físicas e emocionais da má alimentação. A estética assumiu o papel principal na forma como nos relacionamos com a comida. Promessas e buscas por regimes milagrosos colocam em foco o ganho imediato, muitas vezes em detrimento do bem estar e saúde a longo prazo.

A crescente e robusta evidência científica que liga a nutrição a distúrbios mentais, coloca a dieta em um patamar tão importante a psiquiatria como é para outras especialidades médicas.

As evidências são promissoras e atualmente existe a possibilidade de influenciarmos a saúde mental através de intervenções na dieta! (mais…)

Leia mais